Saiba porque levamos à sério práticas de alimentação saudável 

Por saber que manter uma alimentação saudável é fundamental para garantir a qualidade de vida dos nossos estudantes, nos últimos anos, intensificamos os cuidados com os alimentos que são oferecidos aqui no Ofélia

Apesar de não existir um alimento milagroso capaz de combater a Covid-19, doença causada pelo coronavírus, especialistas garantem que manter uma dieta equilibrada e rica em nutrientes pode ajudar o sistema imunológico no caso de qualquer tipo de contaminação ou infecção.

“A imunidade é formada por um conjunto de fatores que atuam contra diferentes doenças, vírus e bactérias. Não podemos elencar um único alimento ou uma vitamina para resolver um problema de saúde”, alerta o infectologista Hélio Bacha, do Hospital Albert Einstein.

Pensando nisso, há alguns anos, começamos a realizar mudanças nos cardápios das refeições, que são preparadas sempre com alimentos frescos e com origem certificada. “Durante a infância, a alimentação saudável fornece uma série de nutrientes importantes para o crescimento e o desenvolvimento físico e intelectual das crianças, além de reforçar o sistema imunológico”, explica a nutricionista Andréia Veiga, responsável pelo cardápio da cafeteria e do refeitório do Ofélia.

“Além disso, é na infância que definimos o paladar e estabelecemos hábitos alimentares saudáveis que repercutirão até a vida adulta”, complementa Andréia, que é especialista em nutrição escolar para crianças e jovens. Vale destacar ainda que todos os alimentos oferecidos aos estudantes aqui no colégio, são preparados com cereais integrais e quantidades reduzidas de açúcar.

“É perceptível o quanto minha filha tem se alimentado melhor desde que essas aulas começaram. Muito legal o trabalho. Ontem ela me pediu para comprar tomate. Parabéns”, comenta Fernanda Vianna, mãe de uma aluna da Educação Infantil, que está feliz com as mudanças nos hábitos alimentares da filha. 

 

Nutrição e sustentabilidade

Estudantes durante aula de Nutrição e Sustentabilidade (Foto: Divulgação)

Entre as ações de estímulo à prática de alimentação saudável, destaque para as aulas de Nutrição e Sustentabilidade, voltadas aos estudantes da Educação Infantil. As atividades são coordenadas pela nutricionista Andréia Veiga e contemplam aulas de culinária e horta.

Nas aulas, as crianças têm a oportunidade de vivenciar o desenvolvimento de legumes e verduras em nossa horta e aprendem na prática como utilizar os alimentos de forma responsável, além de entender a importância de se alimentar corretamente. 

Outro projeto, o Lancheira Ofélia, orienta as famílias sobre o preparo de lanches saudáveis e nutritivos. Clique aqui para saber mais sobre a alimentação do colégio e conferir as dicas da nutricionista

 

Confira os benefícios de 12 alimentos considerados importantes para o desenvolvimento das crianças: 

  1. Alho e cebola: Poderosos antioxidantes, aumentam as defesas do organismo combatendo gripes, resfriados e outras infecções;

 

  1. Aveia: Cereal nutritivo, rico em fibras e complexo B, e ajuda a dar maior sensação de saciedade, além de reduzir o colesterol. Bastante versátil, pode ser adicionado em frutas, bolos, iogurtes, farofas ou hambúrgueres;

 

  1. Azeite de oliva: Excelente fonte de ômega 9 e antioxidantes que protegem o coração, combate os radicais livres, compostos que podem danificar as células do corpo e causar câncer;

 

  1. Carnes: Esse grupo de alimentos fornece aminoácidos e zinco essenciais para o crescimento, além de ferro que é imbatível no combate à anemia;

 

  1. Frutas cítricas: A vitamina C presente nessas frutas auxilia na absorção do ferro presente no feijão de nas verduras escuras, diminuindo o risco de anemia. Além disso, os flavonoides presentes aumentam a imunidades das crianças; 

 

  1. Iogurte: Boa fonte de proteínas e cálcio, além da presença de microrganismos vivos (probióticos) que favorece o funcionamento do intestino, melhora a absorção de cálcio e evita a constipação e a diarreia;

 

  1. Leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, grão-de-bico): São ricos em fibras, ferro e complexo B. Quando consumidos com o arroz, fazem uma combinação perfeita de aminoácidos importantes para o crescimento e construção muscular das crianças;

 

  1. Ovos: Amados pelas crianças, além de ser fonte de proteínas, possuem um micronutriente chamado Colina, presente na gema, que favorece a formação cerebral e auxilia na concentração;

 

  1. Peixes: Alimentos ricos em ômega 3 e DHA, como a sardinha, o atum ou o salmão, os peixes auxiliam no desenvolvimento do sistema nervoso e da retina, e ainda protegem o coração desde que consumidos, ao menos, três vezes por semana;

 

  1. Tomate: Importante antioxidante, responsável pela cor avermelhada do tomate, o licopeno é poderoso contra doenças cardiovasculares, além de reduzir a incidência de câncer de próstata;

 

  1. Vegetais amarelo alaranjados (abóbora, cenoura e pimentão): São ricos em betacaroteno que se transforma em vitamina A, importante para aumentar a resistência a infecções e proteger a visão e a saúde da pele;

 

  1. Verduras escuras (couve, brócolis e espinafre): São ricas em magnésio, ferro, betacaroteno e ácido fólico, por isso, são bons aliados no combate à anemia. Ajudam a saciar a fome e a garantir o bom funcionamento do intestino.