Alimentação sem mitos: carne suína faz mal à saúde?

Por: Yara Moura, nutricionista da equipe NutriOfélia

Alguém já ouviu que carne suína faz mal? E que o leite causa pedra nos rins? Que o consumo de ovo aumenta o colesterol e que a tapioca é melhor do que o pão? 

Sim, todas essas questões têm algo em comum, são mitos. E isso acontece com bastante frequência em conversas do dia a dia ou até mesmo em programas de televisão. Isso costuma acontecer por propagação de notícias, opiniões ou crenças. Quase como uma fake news

Essas afirmações não são totalmente falsas, mas também não são verdadeiras. Por exemplo, o cálcio pode sim formar pedras nos rins, mas não é a única causa de cálculo renal. O ovo é um alimento rico em muitos nutrientes e o fato de ter em sua composição colesterol, não quer dizer que aumente o colesterol sanguíneo. O responsável por esse aumento é o consumo excessivo de gordura saturada.

E sobre a carne suína, o alimento, assim como o ovo, passou por momentos de rejeição e atualmente seu consumo tem aumentado. Mas, a aceitação da carne de porco ainda é mínima quando comparada à carne vermelha. Isso acontece porque a carne bovina carrega a fama de ser um alimento completo e quase perfeito. 

Separamos alguns benefícios da carne suína para a saúde, lembrando sempre da importância da variedade e das quantidades adequadas para uma dieta balanceada. 

. Sistema imunológico: a carne suína pode auxiliar no fortalecimento do sistema imunológico, isso porque é um alimento rico em zinco, potássio e magnésio, que contribuem para o fortalecimento do sistema imunológico; 

. Menos gordura: a carne suína tem menos gordura do que a carne bovina. Quando comparados à carne bovina, os cortes suínos como bisteca, por exemplo, podem apresentar até metade da quantidade de gordura da carne bovina; 

. Substituição: como alguns cortes apresentam um baixo índice de gordura, as carnes suínas podem substituir o frango em algumas dietas. 

5 1 vote
Article Rating