Nesta sexta-feira, 20 de abril, os estudantes do 6º ao 9º Ano, do Ensino Fundamental do Ofélia participam da Olimpíada Internacional Matemática sem Fronteiras (MSF).

Criada em 1990, pela Academia de Estrasburgo, na França, com o objetivo de estimular o interesse dos estudantes pela matemática, a competição é realizada quase que simultaneamente, em 15 países, por mais de 250 mil estudantes, que realizam a prova em grupos interclasses.

Segundo Felipe Albino, professor de Matemática do Ofélia, “a olimpíada é importante pois oportuniza aos estudantes a prática da solução, em grupo, de desafios um pouco diferentes daqueles vivenciados em sala de aula. Além disso, estes desafios são elaborados por uma instituição internacional que oferece inserção dos grupos que obtiverem destaque em competições internacionais de Matemática”.

Os testes serão realizados na sede das escolas participantes, e são divididos em três níveis: básico, júnior e sênior.

 

Matemática sem Fronteiras

No Brasil, a Olimpíada Internacional Matemática sem Fronteiras é organizada pela rede do Programa de Olimpíadas do Conhecimento (POC), que tem por objetivo estimular o interesse dos estudantes pela inovação, além de mostrar a importância da matemática.

Podem participar da olimpíada estudantes de escolas públicas e privadas, que estejam cursando o Ensino Fundamental I e II, e o Ensino Médio, regular ou técnico.

 

 

 

0 0 vote
Article Rating