Na última semana, nossos estudantes do Ensino Médio assistiram ao filme ‘Espero tua (re)volta’, de Eliza Capai. Eles tiveram a oportunidade de participar de uma sessão especial do documentário, seguida de um debate com especialistas em direito educacional e com uma das protagonistas do filme. A sessão, realizada no Instituto Moreira Salles, na Avenida Paulista, reuniu estudantes de várias escolas e universidades de São Paulo.

Espero tua (re)volta: estudantes participam de sessão especial e debatem filme com especialistas

Cartaz de divulgação do filme ‘Espero tua (re)volta’ (Foto: Divulgação)

Narrado por três adolescentes, o longa mostra as ações do movimento estudantil e relata a história da participação de estudantes nos debates das políticas para educação, principalmente no período entre 2013 e 2015. De acordo com o professor de História, Luís Massagardi, que acompanhou os estudantes na sessão, essa saída pedagógica se relaciona diretamente com o tema Identidades e Direitos, do Projeto do Ensino Médio deste ano, do Ofélia. “Nossos estudantes tiveram a oportunidade de discutir com estudantes de outras escolas e universidades, além de especialistas em políticas públicas os caminhos da educação, a educação como direito e a atividade de estudantes enquanto cidadãos que defendem seus direitos”, contextualiza Massagardi. Após a sessão, os estudantes foram estimulados a produzirem curtos vídeos autorais, explorando alguns dos temas presentes no documentário, estabelecendo um relação com Projeto 2019. O protagonismo dos estudantes secundaristas na construção de uma sociedade democrática foi um dos temas de destaque da atividade, proporcionando uma educação fundamentada na cidadania.

Espero tua (re)volta

O documentário tem direção e roteiro de Eliza Capai, retrata as atividades do movimento estudantil, que ganhou força em 2015, ocupando escolas públicas por todo o país. A trama é costurada – e narrada – por meio da história de três jovens engajados na causa dos direitos estudantis. O longa traz ainda imagens reais (de arquivo) de algumas das principais manifestações organizadas por estudantes, desde 2013, mostrando a repressão policial e abordando ainda questões como sexualidade, direitos e diversidade. Confira o trailler do filme:

0 0 vote
Article Rating